You are here
Home > Brasil > Brasil vacila e permite empate do Uruguai

Brasil vacila e permite empate do Uruguai

David Luiz deu espaço para Suárez
David Luiz deu espaço para Suárez

Após abrir dois gols de vantagem, a Seleção Brasileira vacilou e permitiu o empate do Uruguai em 2 a 2, em duelo disputado na Arena Pernambuco, ontem(25), pela quinta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

O resultado foi gerado principalmente por falhas do zagueiro David Luiz, que deixou jogadores chaves do Uruguai livre de marcação. O placar de 2 a 2 também não é bom para a classificação do Brasil, que tem 8 pontos, em terceiro lugar, ao lado de Paraguai e Argentina. Os uruguaios somam 10, em segundo.

O Brasil agora terá até a próxima terça-feira para se preparar para o duelo contra o Paraguai, fora de casa. E Dunga não poderá contar com Neymar, principal jogador do Brasil, que ficou suspenso após receber mais um cartão amarelo.

OS GOLS
40 segundos do 1º Tempo (Douglas Costa, do Brasil) –
William recebeu bola pela direita, gingou o corpo sobre o marcador e cruzou para Douglas Costa, que se esticou para dar um toque e desviar para o fundo das redes do goleiro Muslera.

25 minutos do 1º Tempo (Renato Augusto, do Brasil) – Neymar fez boa jogada e enfiou para Renato Augusto. Dentro da grande área, o meia deu um belo drible de corpo em Muslera e mandou para o gol.

31 minutos do 1º Tempo (Cavani, do Uruguai) – Álvaro Pereira driblou Willian e levantou na área. Sánchez desviou para trás. David Luiz falhou ao não acompanhar Cavani, que ficou livre para bater forte, sem chances para Alisson.

2 minutos do 2º Tempo (Suárez) – O camisa 9 uruguaio recebeu pela esquerda e contou com a falha de David Luiz, que voltou a oferecer espaço. Suárez bateu de canhota e Alisson não conseguiu encaixar.

ANÁLISE DO REPÓRTER BAND.COM
A Seleção Brasileira fez um primeiro tempo que empolgou e abriu 2 a 0 com 25 minutos. Porém, uma equipe que tem David Luiz está aberta para fortes emoções. Os dois gols uruguaios surgiram de falha de posicionamento do zagueiro, que mais uma vez ofereceu espaço para os adversários. Não dá para o Brasil enfrentar potências do futebol mundial com um jogador tão instável. (André Rigue)

O CRAQUE
Suárez (Uruguai) –
Após cumprir suspensão pela famosa mordida na Copa de 2014, o camisa 9 voltou com tudo. Apesar de um primeiro tempo apagado, ele mostrou oportunismo e aproveitou a falha de David Luiz na etapa final para empatar.

O PERNA DE PAU
David Luiz (Brasil) –
Inacreditável como o zagueiro continua a cometer falhas de marcação básicas. No lance do primeiro gol de Cavani, ele acompanhou a bola e deixou de seguir o jogador uruguaio, que ficou livre dentro da área. No gol de Suárez, ele voltou a oferecer espaço.

Deixe uma resposta

Top