You are here
Home > Geral > Nova Andradina: Vereador acusa diretor da Coopavil de usar empresa fantasma para obter benefícios públicos

Nova Andradina: Vereador acusa diretor da Coopavil de usar empresa fantasma para obter benefícios públicos

1635747419

Depois de ouvir a acusação, presidente da Coopavil Hernandes Ortiz, tenta tumultuar a fala do vereador Cido Pantanal

Em sessão tumultuada da Câmara de Vereadores de Nova Andradina (MS), na noite de ontem, segunda-feira (19), o diretor presidente da Coopavil foi acusado pelo presidente do legislativo de ter uma empresa fantasma para obter um financiamento público.

Hernandes Ortiz, diretor da Coopavil (Cooperativa Agroindustrial do Vale do Ivinhema), com sede em Nova Andradina, foi o munícipe que subiu à tribuna como liderança de uma proposta para a redução do duodécimo (repasse do município à Câmara Municipal) e dos salários de vereadores, vice-prefeito e prefeito.

Em seguida, o presidente da casa, Cido Pantanal (PSDB), usou a palavra para dizer que a ação popular é bem vinda e que abriu espaço de forma democrática para que a proposta fosse apresentada.

Mas o vereador aproveitou o momento para afirmar que o movimento não poderia ser liderado pelo diretor da Coopavil. Cido relatou que Ortiz teria um “laticínio fantasma” e teria utilizado o CNPJ, com registro no Distrito de Amandina em Ivinhema (MS), para concorrer a um terreno e melhorias no município de Nioaque (MS).Em seguida, o presidente ainda afirmou que Hernandes Ortiz teria pleiteado uma grande quantia em recursos de um banco público utilizando da suposta empresa, que só existiria no papel, e do terreno em Nioaque.  “Para vir aqui e pregar moralidade, tem que ter moral”, exclamou Cido Pantanal. Após a fala do presidente, os ânimos ficaram exaltados. O presidente solicitou a presença da Polícia Militar para reestabelecer a ordem no plenário Sidney Sanches. (Vale do Ivinhema Agora)

Deixe uma resposta

Top