You are here
Home > Politica > Paraná: Vereador gera repúdio ao chamar de 'retardados' membros de movimento

Paraná: Vereador gera repúdio ao chamar de 'retardados' membros de movimento

as

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Guarapuava, na região central do Paraná, fez uma nota de repúdio contra o presidente da Câmara Municipal, João Napoleão (PROS), e contra o vereador Élcio Melhem (PP).

A nota foi divulgada na sexta-feira (27) em resposta às declarações dos vereadores contra o advogado João Alberto Nieckars, que integra o Movimento Moraliza Guarapuava. As declarações foram feitas nas sessões dos dias 4 e 22 de fevereiro.

“Esses retardados do Moraliza Guarapuava ficam aí falando questões que não condizem com a realidade. A Câmara tem feito um grande trabalho. Esse doutor aí [João Alberto Nieckars] se acha, não sei o nome dele, mas deve ter se formado em alguma garagem no estado de São Paulo”, disse Napoleão durante a sessão do dia 22.

“O Moraliza Guarapuava é um grupelho, formado nas esquinas, que está aí a ludibriar a população nas portas das igrejas católicas ou evangélicas, na busca de assinaturas para reduzir o repasse do Município para o Legislativo”, afirmou Melhem na sessão do dia 4.

A nota de repúdio diz que a OAB de Guarapuava considera as palavras desrespeitosas – uma agressão ao estado democrático de direito e à liberdade de expressão – e que elas não serão toleradas. A OAB defende ainda que as declarações contra o Nieckars também atingem todos os advogados.

Defesa dos vereadores
Por telefone, Napoleão afirmou que suas declarações não foram dirigidas à OAB, nem a outras entidades, mas, sim, ao integrante do Movimento Moraliza Guarapuava.

Ele disse que estava respondendo às declarações de Nieckars, que foram feitas em redes sociais. O presidente da Câmara disse ainda que lamenta a nota de repúdio, pois tem muito respeito aos profissionais e à história da OAB em Guarapuava. Por fim, disse que está aberto ao diálogo com as entidades da cidade.

Já Melhem declarou que não considera ofensivas suas declarações e que vai se manifestar sobre o assunto na tribuna da Câmara.

Moraliza Guarapuava
O Moraliza Guarapuava é um grupo que, entre outras atividades, faz propostas para diminuir os gastos da Câmara Municipal.

Além da sociedade civil organizada, contra com membros OAB/PR e da Subseção Guarapuava, líderes da Diocese de Guarapuava, membros do Observatório Social de Guarapuava, membros da Associação Comercial e Industrial de Guarapuava, professores da Escola Fé & Política, membros do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas de Guarapuava, professores da Associação de Pais e Professores, membros do Conselho de Cidadania, Ética e Justiça de Guarapuava, irmãos da Maçonaria Guarapuava, associados do Sindicato Rural de Guarapuava, associados do Sindicato das Indústrias de Madeira de Guarapuava.

G1/PR

Deixe uma resposta

Top