You are here
Home > Polícia > PF identifica 'Fake Sat', tv a cabo pirata com 10 mil clientes, incluindo de MS

PF identifica 'Fake Sat', tv a cabo pirata com 10 mil clientes, incluindo de MS

pirata

A Polícia Federal no Rio Grande do Sul deflagrou nesta sexta-feira a operação “Fake Sat” para desarticular uma organização criminosa que agia como operadora de TV por assinatura pirata com mais de 10 mil clientes espalhados em 16 estados da federação e até na Europa. Mato Grosso do Sul está entre os estados onde operadora tinha clientes.

A apuração começou após denúncias e vinha sendo feita desde o início do ano e buscava identificar o contrabando e o descaminho de aparelhos que captam sinal de TV por assinatura. O trabalho dos policiais, segundo divulgou, localizou diversas pessoas que atuam na captação e na distribuição fraudulenta de chaves e sinal para acesso aos canais de televisão paga. Os clientes são pessoas que buscam preços menores para ter acesso à TV fechada.

De acordo com a PF, os investigados responderão por formação de quadrilha, contrabando, descaminho e estelionato. Os clientes também podem ser responsabilizados por estelionato. A PF não informou o número de sinais identificados em Mato Grosso do Sul.

Deixe uma resposta

Top