You are here
Home > Capital > Servidor é preso em casa durante operação no sistema prisional

Servidor é preso em casa durante operação no sistema prisional

Um servidor do Instituto Penal de Campo Grande foi preso em casa durante a operação Chip, deflagrada na manhã desta segunda-feira (12) para apurar os crimes de corrupção, peculato, tráfico de drogas e associação para o tráfico. O alvo é o sistema prisional da Capital.

Segundo informação apurada, o servidor identificado como Cleiton Paulino de Souza foi levado para a sede do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) para prestar esclarecimento. O cargo dele e o motivo da prisão ainda não foram divulgados. No total, serão cumpridos três mandados de prisão temporária e cinco mandados de busca e apreensão

O Gaeco e cerca de 30 policiais do Batalhão de choque fazem buscas, no Instituto Penal de Campo Grande, localizado no complexo prisional, na Rua Indianapólis, no Bairro Noroeste.

Policiais do Choque chegaram ao local em três veículos, sendo uma viatura e dois caminhões. Um militar faz a guarda em frente ao presídio, enquanto as equipes vistoriam e auxiliam o Gaeco dentro da penitenciária. Ainda não há detalhes sobre a ação, que foi deflagrada nesta segunda-feira (12).

Procurado, o diretor -presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciária), Aud de Oliveira Chaves, informou por meio da assessoria de imprensa, que só vai se pronunciar no fim da operação.

Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Deixe uma resposta

Top